ARTE EM CERÂMICA. TRABALHOS EM ARGILA, ESMALTAÇÃO... E OUTROS ASSUNTOS

Quem sou eu

terça-feira, 13 de abril de 2010

A VISITA DO URUTAU.


Esta tarde tive a visita de um Urutau, ave emblemática e misteriosa!
Aparece em, lendas, contos, cantos e poesias.
Pois no final da tarde, tive a emoção de poder admirá-la por longas horas pousada no meu abacateiro.
Ave esta conhecida por vários nomes como, Mãe-da- lua, Ave Fantasma entre outros, de nome científico
Nictibus Grandis.
Ave de canto triste, rara de ser vista pois tem as cores de troncos velhos onde passa desapercebida.
Catulo Da Paixão Cearense a cantou assim:

Queria ver se esta gente
Também sente
Tanto amor, como eu sentí
Quando eu te ví em Cariri
Atravessava um regato no quartau
E escutava lá no mato
O canto triste do Urutau

Caboca, demônio mau
Sou triste como o Urutau

Bem, a mim ele só troxe a alegria, e me sinto privilegiada, pois é a segunda vez que vejo esta ave fantástica!

Um comentário:

Gaspar de Jesus disse...

Cara LIZETE
Cá estou de novo neste seu cantinho de encantos.
Agora não vai dar para ver tudo o que a Lizete vem publicando, mas o importante é que gosto de cá estar, voltarei sempre que me permita este ritmo de vida a que me impus.
Quero saber com vai a senhora, para isso vou enviar-lhe um mail.
Beijinhos
G.J.

Seguidores

Today´s Flowers

Photobucket

Arquivo do blog

Premio DARDOS

Premio DARDOS
Recebido do Varal de Idéias